sábado, 5 de setembro de 2009

AUDIO: Valdir Teles e João Paraibano

Mote em decassílabos

Fui nascido no campo e não consigo
Esquecer o que fiz no meu sertão

TRECHO
O meu pai era um puro nordestino
E eu fui um moleque lá da roça
Trabalhei botei burro na carroça
Cortei palma no cocho do turino
Quando mãe descansava de um menino
Que ficava deitada no colchão
Eu comia o sobeijo do pirão
Que hoje outro igual eu não mastigo
Fui nascido no campo e não consigo
Esquecer o que fiz no meu sertão

Valdir Teles

Valdir Teles e João Paraibano

Nenhum comentário:

Postar um comentário

o que você achou????