quarta-feira, 30 de setembro de 2009

TEXTO: FESTIVAL DE VIOLEIROS EM TRIUNFO-PE


FESTIVAL DE VIOLEIROS EM TRIUNFO-PE

No dia 02 de outubro Triunfo-PE vai receber alguns dos maiores repentistas e declamadores do Brasil, é uma grande oportunidade dos triunfenses, visitantes e moradores da região assistirem um encontro da cultura sertaneja e nordestina, os repentistas e declamadores, entre estes estará o grande poeta Iponax Vila Nova, Presidente do CLUBE DO REPENTE.



O evento que acontecerá no Bar de Novinho, ao lado do Cine Theatro Guarany, contará com a participação de vários cantadores, além da ilustre presença do poeta e declamador Iponax Vila Nova (filho de Ivanildo Vila Nova).
Confira a lista de cantadores que abrilhantarão o
1º FESTIVAL DE REPENTISTA EM TRIUNFO/PE:

Edivando Nogueira e Antônio José
Edesel Pereira e Severino Pereira
Daniel Olímpio e Damião Enésio
Josival Rodriguês e George Alves

A organização do evento fica por conta de Novinho e do poeta Edivando Nogueira.
Vamos participar!

Serviço:

1º FESTIVAL DE REPENTISTA EM TRIUNFO/PE
Local: Bar de Novinho – Praça Carolino Campos, Centro- Triunfo/PE (ao lado do Cine Theatro Guarany)
Dia: 02 de outubro de 2009
Horário: Não nos foi informado

Entrada Franca

Organização: Novinho e Edivando Nogueira.

PRESENÇA DE NOSSO PRESIDENTE:
IPONAX VILA NOVA

Fonte : Clube do repente

AUDIO: Paulo Nascimento

Canção de amor

Excelente Paulo Nascimento

Paulo Nascimento

AUDIO: Paulo Nascimento

Linda canção

Grande cancioneiro de Iguatú-CE

Paulo Nascimento

terça-feira, 29 de setembro de 2009

VIDEO: Antonio Silva e José Lúcio

Sextilhas

Aquecimento global

Antonio Silva e José Lúcio

Agradecimento Felipe Pereira Vasquez

AUDIO: Daniel Olimpio e Zé Galdino

Mote em decassílabo

Lindo mote

Dê abrigo dê roupa e dê comida
Não desprese o menor abandonado

Daniel Olimpio e Zé Galdino

AUDIO: Chico Oliveira e Edival Pereira

Linda canção

Saudade dos meus pais

Chico Oliveira e Edival Pereira

AUDIO: Daniel Olimpio e Zé Galdino

Mote em decassílabo

Só a pena de morte poderia
Fazer medo a quem mata sem motivo

Daniel Olimpio e Zé Galdino

VIDEO:Violas e trovas movimentaram Limoeiro do Norte

Limoeiro do Norte vira reportagem exibida em rede nacional
pela TV Globo em razão do festival de repentistas e trovadores

Abaixo postagem do blog  Http://limoeirodonorte.blogspot.com

By Alex Monteiro
 
O V Festival Internacional de Trovadores e Repentistas reuniu, em Limoeiro do Norte, cidade conhecida como o berço da cantoria, mais de 50 artistas do Nordeste e do exterior. Eles subiram no palco e mostraram porque são chamados de repentistas. Na terra do forró, o ritmo não poderia deixar de encerrar a noite, com o tradicional pé-de-serra, que não deixou ninguém parado.
“Aqui o regionalismo, em termos de viola e de poesia, conta em torno de 70 a 80%. Aqueles cantadores menos agendados, aqui tem a sua vitrine maior”, diz Geraldo Amâncio, diretor do festival.



Veja a reportagem do Globo Rural.


Agradecimento Alex Monteiro


sexta-feira, 25 de setembro de 2009

TEXTO: V Festival Internacional de Trovadores e Repentistas começa nesta quinta (24) em Limoeiro do Norte

O festival vai até domingo (27) com seminários e atrações musicais do Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Cuba e Itália.

Tem início nesta quinta-feira, 24, um grande encontro de poesia popular nacional e internacional. Trata-se do Festival Internacional de Trovadores e Repentistas, que chega a sua quinta edição tendo como palco a Praça da Matriz de Limoeiro do Norte (200 km de Fortaleza). Até domingo, 27, os sons das violas, das cantorias e dos repentes vão entoar a cidade conhecida como Princesa do Vale, que recebe pela segunda vez este festival.



O evento vai reunir mais de cinquenta artistas do Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Piauí, entre violeiros, poetas, repentistas, emboladores e aboiadores, além de dois trovadores de Roma e dois de Cuba, que se apresentam em palco aberto aos moradores do Baixo Jaguaribe. No total, 24 duplas de cantadores se apresentam no período do festival, além de nomes como Luizinho de Irauçuba (CE), Betinho Aguiar (CE), Myrlla Muniz (CE) e a cirandeira Lia de Itamaracá (PE).

A abertura na quinta-feira será às 20h, com a presença de autoridades e homenagens a personalidades importantes para a cultura local. A programação musical traz atrações regionais, festival de violas com as duplas Zé Ricardo (CE) e Raimundo Mesquita (CE); Guilherme Calixto (CE) e Valdir de Lima (CE); João de Oliveira (CE) e Sebastião Gomes (CE); Zé Morais (CE) e Zé Monte (CE); Miro Pereira (RN) e Ismael Pereira (RN); Zé Cardoso (RN) e Moacir Laurentino (PB); e recital de poesia aboios e emboladas com Beija Flor (CE) e Vem Vem (CE) e Geraldo Gonçalves (CE), sobrinho de Patativa do Assaré. Em seguida estreiam no palco do Festival a dupla de trovadores italianos Donato de Acutis e Enrico Rustici. Para encerrar a primeira noite, a animação do Forró Cacimba de Aluá (CE).

Na sexta-feira, 25, as apresentações musicais começam às 20h, com o Grupo Sabiá (CE). O festival de violas vai contar com as duplas Antonio Nilo (CE) e Chico Celestino (CE); Chico Sobrinho (CE) e Nonato de Cascavel (CE); J.Gomes (CE) e Geraldo Brito (CE); Silvio Granjeiro (CE) e Francinaldo Oliveira (PE); Valdir Teles (PE) e João Paraibano (PB); Zé Viola (RN) e Sebastião da Silva (PB). Larissa Macedo (CE) sobe ao palco para recital de poesias, aboios e emboladas, em seguida o trovador cubano Gaspar Esquivel faz sua estreia no Festival Internacional de Trovadores e Repentistas. Luizinho de Irauçuba fecha a segunda noite do evento.

Com o Som das Carnaubeiras (CE), a programação musical de sábado, 26, se inicia. Em seguida o palco será dos violeiros Roberto Macena e Critovon Pinto (CE); Zé Vincente e Zé Eufrázio (CE); Louro Branco (CE) e Josival Viana (PB); Paulo Pereira e Genaldo Pereira (CE); João Lourenço (PB) e Severino Feitosa (PE); Ivanildo Vila Nova (PE) e Raimundo Caetano (PB). O pequeno Betinho Aguiar se apresenta logo depois do festival de violas, antes da apresentação dos trovadores italianos Donato de Acutis e Enrico Rustici. A cantora e instrumentista Myrlla Muniz traz seu show “Romanceiro do Sertão”, encerrando a noite.

A última noite do festival, no domingo, 26, começa com a apresentação da Banda Cabaçal PE e Cícero (CE). As duplas de repentistas que se apresentam nesta noite são: João Lourenço (PB) e Severino Feitosa (PE); Zé Cardoso (CE) e Moacir Laurentino (PB); Valdir Telles e João Paraibano (PE); Zé Viola (RN) e Sebastião da Silva (PB); Ivanildo Vila Nova (PE) e Raimundo Caetano (PB). Dina Vaqueira (CE) sobe ao palco para o recital de aboio e Gaspar Esquivel (Cuba) se apresenta novamente. A cirandeira pernambucana Lia de Itamaracá encerra o V Festival Internacional de Trovadores e Repentistas.

Homenagens
Nesta edição, o festival presta homenagens a pessoas que deram sua contribuição para a cultura popular, como o deputado Aldo Rebelo, o secretário adjunto da Secretaria de Cultura de Pacatuba Luiz Emanuel Pereira Monteiro, o repentista paraibano Chico Mota, o presidente do Bando do Nordeste Roberto Smith, entre outros. No total, onze personalidades receberão homenagem e serão agraciadas com troféu.

Seminário
Durante os quatro dias, a programação começa de manhã com o “Seminário Vozes de Mestres: a palavra (en)cantada na cultura oral nordestina”, onde se reúnem pesquisadores e artistas para discutir a cultura popular no contexto das manifestações orais. Sob a curadoria da professora doutora e Secretária da Comissão Nacional de Folclore Simone Oliveira de Castro, o seminário propõe um debate sobre a importância da oralidade, da palavra oral na cultura nordestina, através das vozes dos diferentes mestres e suas linguagens, seja na cantoria, na embolada, na poesia matuta ou no cordel, expressão dessa oralidade no impresso.

Neste debate, estarão presentes tanto os pesquisadores quanto os criadores dessas artes/linguagens, contando a visão e a experiência de cada um, seja a acadêmica, seja a artística. Entre os artistas, o poeta Geraldo Gonçalves, sobrinho de Patativa do Assaré; o poeta cordelista Rouxinol do Rinaré, cujo trabalho é conhecido internacionalmente e figura como membro da Academia Brasileira de Cordel e Beija Flor, que há 20 anos se dedica à poesia e ao repente.

Entre os pesquisadores, prof. Dr. Luiz Tadeu Feitosa, autor da tese “Patativa do Assaré: a trajetória de um canto”; a prof. Francisca Pereira dos Santos – Fanka (CE), doutora em Literatura e Cultura pela Universidade Federal da Paraíba – UFPB; o prof. Nenen Patriota (PE), poeta cordelista e pesquisador da cultura popular; e o professor italiano Paolo Scarnecchia, pesquisador da cultura brasileira.

“Propus os temas, mas os participantes trarão o saber da experiência expressa nas diferentes formas de conhecimento que encontramos na academia e na vivência cotidiana do artista/criador”, completa a professora doutora Simone de Castro. A entrada para o seminário é franca e aberta ao público.

Histórico do Festival
Segundo o idealizador do evento, o cineasta Rosemberg Cariry, o Festival Internacional de Trovadores e Repentistas defende a "diversidade e a reciprocidade" e propõe o verdadeiro e benéfico significado da palavra universalização: o eterno reencontro dos homens e suas aldeias com as suas raízes universais. A cantoria, segundo Cariry influi em diversos gêneros da poética popular do Nordeste, que tem em comum a herança multissecular dos cantadores, elementos determinantes na preservação das tradições culturais de todos os povos do mundo. Tal estilo poético influenciou de forma determinante o lirismo difundido pelos portugueses ao chegarem ao país no século XVI.

Lançado em 2005, o festival teve as duas primeiras edições simultaneamente em Quixadá e Quixeramobim. Em 2007 seguiu para Senador Pompeu e Farias Brito e desde 2008 leva aos moradores da região do Baixo Jaguaribe a riqueza destas artes populares, contribuindo para a valorização, fortalecimento e preservação das culturas populares regionais tradicionais.

Sob a coordenação do cantador repentista Geraldo Amancio, a quinta edição do Festival Internacional de Trovadores e Repentistas é uma realização do Instituto Internacional de Artes e Cantorias (Intercanto), com patrocínio do Banco do Nordeste, Chesf e Oi, apoio institucional da Prefeitura Municipal de Limoeiro do Norte, Sebrae, Ministério da Cultura via Lei Rouanet, Governo do Estado via Lei Estadual de Incentivo à Cultura, UECE e apoio cultural do Oi Futuro e da Academia Limoeirense de Letras, promoção da Tv Diário e realização do INTERCANTO e J.A.Lima.

Limoeiro do Norte
Limoeiro do Norte é conhecida como “Princesa do Vale”, por estar situada entre os rios Jaguaribe e Banabuiú, no Baixo Jaguaribe. Segundo o Censo 2005, o município possui 55.474 habitantes. Com clima predominantemente seco, que varia de 24º a 35ºC, Limoeiro do Norte conta com duas estações bem definidas: verão chuvoso e inverno seco. O intenso fluxo diário de pessoas aquece o setor de comércio, que vai de produtos alimentícios às indústrias de pré-moldados para construção civil. Outra atividade econômica que prevalece em Limoeiro é a agricultura, que movimenta anualmente cerca de R$ 50 milhões de reais. O município é, por exemplo, o maior exportador de melão do Brasil. Limoeiro também se destaca na pecuária, com produção diária de 45 mil litros de leite de gado. Além disso, a cidade é conhecida pelo artesanato local, com peças produzidas da matéria rústica do barro, da palha e do talo da carnaúba, panos, coco e até ferro velho.

Saiba Mais
O cantador de viola pode ser chamado de repentista e também de violeiro, pois ele improvisa, faz repente ao som da viola. O debate ferrenho que sempre acontece entre dois repentistas se chama Desafio. O embolador também pode fazer repente só que é uma rítmica bem diferente, pois utiliza o pandeiro e nem sempre improvisa. Os aboiadores usam apenas a voz para aboiar. O aboio, usualmente, era uma espécie de cantiga de trabalho que o vaqueiro aboiador utilizava para conduzir e acalmar o gado. A trova é uma estrofe composta de quatro versos.

SERVIÇO:
V Festival Internacional de Trovadores e Repentistas
De 24 a 27 de Setembro – Praça da Matriz de Limoeiro do Norte (Ce)
Informações: (85) 3226 0751
Programação gratuita

Postado por MÁRIO OLIVEIRA às 20:21:00

Fonte: Noticias do Vale

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

AUDIO: Daniel Olimpio e Zé Galdino

Sextilhas

As coisas que eu não confio

Sensacional

Confira


Daniel Olimpio e Zé Galdino

AUDIO: Chico Oliveira e Edival Pereira

Linda canção

Mulher bonita

Chico Oliveira e Edival Pereira

AUDIO: Daniel Olimpio e Zé Galdino

Mote em decassílabo

O cinema de deus é exibido
Por atores da propria natureza

Daniel Olimpio e Zé Galdino

AUDIO: Chico Oliveira e Edival Pereira

Linda canção

falta de humanidade

Chico Oliveira e Edival Pereira

AUDIO: Raimundo Caetano e Ivanildo Vilanova

Mote em sete sílabas

Deus está em todo canto
Que a gente nem imagina

Deus está no paralelo
Na linha do equador
No bico do beija flor
No odor do cogumelo
Na voz do violoncelo
No som do tambor de tina
No frade que usa batina
Nas flores do pai de santo
Deus está em todo canto
Que a gente nem imagina

Ivanildo Vilanova

Raimundo Caetano e Ivanildo Vilanova

terça-feira, 22 de setembro de 2009

AUDIO: Daniel Olimpio e Zé Galdino

Sextilhas agalopada

Desafio sensacional

Uma das melhores duplas de Pernambuco

Daniel Olimpio e Zé Galdino

AUDIO: Raimundo Caetano e Ivanildo Vilanova

Sextilhas

Atenção ao vocabulário destes repentistas

Dois poetas diferenciados

Raimundo Caetano e Ivanildo Vilanova

AUDIO: Moacir Laurentino e Sebastião da Silva

Mote em decassílabo

Se o povo tivesse educação
Não botava um currupto no poder

Moacir Laurentino e Sebastião da Silva

AUDIO: Raimundo Nonato e Nonato Costa

Especial 300 postagens

Mote em decassílabos

Pra quem sente o poder do criador
Não há nada melhor que a natureza

Os Nonatos ( 83 )3264-5326,

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

VIDEO: Antonio Lisboa e Edmilson Ferreira

SEXTA DA VIOLA EM NATAL-RN

MOTE:

QUEM PERDEU MÃE JÁ PERDEU
O DOCE MELHOR DA VIDA.

Antonio Lisboa e Edmilson Ferreira

AUDIO: João Paraibano e Diomedes Mariano

Sextilhas agalopada

Sensacinal

TRECHO
Gostaria de ver em toda mesa
A fartura na frente e a fome atrás
A palavra de deus de boca em boca
Combatendo as arestas dos rivais
Injetando amor nas conciencias
Dos que querem justiça e pedem paz

Diomedes Mariano

João Paraibano e Diomedes Mariano


Agradecimento Blog do belmonte

AUDIO: João Paraibano e Diomedes Mariano

Mote em decassílabos

O meu tempo infantil foi sepultado
Na gaveta do túmulo da lembrança

João Paraibano e Diomedes Mariano


Agradecimento Blog do poeta Cicero Moraes
Http://www.belmontepe.blogspot.com

AUDIO: Valdir Teles e Rogerio Menezes

Mote em sete sílabas

Sensacional estes poetas

O meu melhor documento

Confira !

Valdir Teles e Rogerio Menezes

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

VIDEO: Augusto dos Anjos e Heleno Alexandre

GRAVADO AO VIVO NA PRAÇA JOÃO PESSOA - SAPÉ/PB

Sextilhas muito bem cantada

Augusto dos Anjos e Heleno Alexandre

VIDEO: Francinaldo Oliveira e Heleno Alexandre

Sextilhas

Vale a pena assistir

III Festival Nacional de Viola e Poesia
realizado em Juazeiro do Norte-CE em agosto de 2007.

Francinaldo Oliveira e Heleno Alexandre

AUDIO: João Paraibano e Diomedes Mariano

Desafio em decassílabo

Sensacional

TRECHO
Você luta se esforça mas não é
Cantador importante como eu
Quis crescer sem talento não cresceu
E em vez de seguir engatou ré
Anormal atrasado fraco e ralé
Disprovido de dom pobre de mente
Na estrada que piso só vai gente
Que consegue ser grande e adivinha
Cantador que cresceu sem ordem minha
Vai voltar pra o roçado novamente

Diomedes Mariano


João Paraibano e Diomedes Mariano

AUDIO: Raimundo Nonato e Nonato Costa

Sextilhas

Saudade

contrate Os Nonatos( 83 )3264-5326,

AUDIO: Raimundo Caetano e Ivanildo Vilanova

Mote em setessílabas

Realizado numa cantoria em Quixadá

Exuste uma maldição
No objeto emprestado

Raimundo Caetano e Ivanildo Vilanova

AUDIO: Raimundo Caetano e Zé Cardoso

Cantoria em Quixadá

Galope a beira mar

Raimundo Caetano e Zé Cardoso

terça-feira, 15 de setembro de 2009

VIDEO: Antonio Lisboa e Edmilson Ferreira

Teatro José de Alencar
Festival de Fortaleza-CE

Mote em decassílabo

O amor ao proximo deveria
Ser a meta de todo ser humano

********SHOW***************
TRECHO
Se o amor impuzesse a sua paz
Onde o olho das guerras faz virgilia
Transcedesse os limites da familia
Fosse a outras esferas mundiais
Os Estados Unidos nunca mais
Tomaria o petroleo Iraquiano
E em vagão de metrô de centro urbano
Nunca mais uma bomba explodiria
O amor ao proximo deveria
Ser a meta de todo ser humano

Edmilson ferreira


Antonio Lisboa e Edmilson Ferreira

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

VIDEO: Antonio Silva e José Lúcio

Mote em sete sílabas

Silencia outra viola
João Trajano Morreu.

Antonio Silva e José Lúcio

Colaboração especial: Felipe Pereira Vasques

AUDIO: Raimundo Caetano e Ivanildo Vilanova

Mote em sete sílabas

A aurora se balança
Na rede da madrugada

Raimundo Caetano e Ivanildo Vilanova

domingo, 13 de setembro de 2009

VIDEO: Antonio Lisboa e Edmilson Ferreira

Sextilhas

Cantoria gravada em Natal RN

Antonio Lisboa e Edmilson Ferreira


Colaboração do amigo felipe pereira vasques :

VIDEO: Patativa do Assaré

Declamação do maior poeta do Nordeste

Patativa do Assaré

VIDEO: Reportagem sobre o festival de Arapiraca-AL

Reportagem muito interessante

Vale a pena conferir

AUDIO: Raimundo Caetano e Ivanildo Vilanova

Mote em setesílabas

Mote vem a calhar no momento

Ciro tem um pilar forte
Sua Patricia pilar

Raimundo Caetano e Ivanildo Vilanova

AUDIO: Raimundo Caetano e Ivanildo Vilanova

Sextilhas sensacional

Cantoria realizada em Quixadá-CE

TRECHO
Acho que não faz efeito
Rezar após ter pecado
Citar virtude do morto
Tendo espancado o finado
Dizer que a lágrima é perdida
Depois de já ter chorado
Ivanildo Vilanova

Raimundo Caetano e Ivanildo Vilanova

sábado, 12 de setembro de 2009

TEXTO: Limoeiro do Norte recebe V Festival Internacional de Trovadores e Repentistas

Um grande encontro de poesia popular nacional e internacional. É o que promete o Festival Internacional de Trovadores e Repentistas que chega a sua quinta edição entre os dias 24 e 27 de setembro, em Limoeiro do Norte, a 200 Km de Fortaleza. Os sons das violas, das cantorias e dos repentes vão entoar a Praça Matriz da cidade conhecida como Princesa do Vale, que recebe pela segunda vez este festival de cultura popular.
O evento vai reunir mais de 50 artistas do Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Piauí, entre violeiros, poetas, repentistas, emboladores e aboiadores, além de dois trovadores de Roma, dois de Cuba, que se apresentam em palco aberto aos moradores do Baixo Jaguaribe.
Festival Internacional de Trovadores e Repentistas busca preservar a cultura popular regional. Sua proposta é contribuir com o despertar da consciência sobre as riquezas, importâncias e potencialidades da cultura local gerando o desenvolvimento econômico e social da região e do Nordeste.
Durante os quatro dias, a programação começa de manhã com o “Seminário Vozes de Mestres: a palavra (en)cantada na cultura oral nordestina”, onde se reúnem pesquisadores e artistas para discutir a cultura popular no contexto das manifestações orais. À noite, o palco da Praça Matriz recebe atrações locais, nacionais e internacionais.

No total, 24 duplas de cantadores se apresentam no período do festival, entre eles Sebastião da Silva (PB), Ivanildo Vila Nova (PE), Zé Viola (PI), Valdir Teles (PE), Moacir Laurentino (PB), Severino Feitosa (PE), Raimundo Caetano (PB), Zé Cardoso (RN), João Paraibano (PB), Silvio Grangeiro (CE) e João Lourenço (PB). Aos brasileiros, juntam-se os trovadores Eulicer Téllez Fernández e Gaspar Esquivel, de Las Tunas (Cuba) e Donato de Acutis e Enrico Rustici, de Roma (Itália).
A programação musical contará também com nomes como Luizinho de Irauçuba (CE), Betinho Aguiar (CE), Myrlla Muniz (CE) e a cirandeira Lia de Itamaracá (PE). Mas o palco será também para recital de poesias, aboios e emboladas com Beija-Flor (CE) e Vem-Vem (CE), Gabriel da Paraíba (PB) e Larissa Macedo (CE).
Sob a coordenação do cantador repentista Geraldo Amâncio, a quinta edição do Festival Internacional de Trovadores e Repentistas é uma realização do Instituto Internacional de Artes e Cantorias (Intercanto), com patrocínio da Chesf, Banco do Nordeste, Oi Futuro e Cagece, apoio institucional da Prefeitura Municipal de Limoeiro do Norte e Ministério da Cultura, via Lei Rouanet, e Academia Limoeirense de Letras.

Fonte:http://limoeirodonorte.blogspot.com

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

AUDIO: Moacir Laurentino e Sebastião da Silva

Sextilhas sensacional

Dois dos maiores cantadores

Faça assim pra ser feliz

Moacir Laurentino e Sebastião da Silva

AUDIO: Antonio Lisboa e Evanildo Pereira

Mote em decassílabo

O vaqueiro aboiou ajoelhado
Dando graças a deus por ter chovido

TRECHO
Torrião se partindo rio enchendo
O relâmpago acendendo o ceu brilhando
Quem pedia o bocado tá é dando
Quem comprava ração tá é vendendo
O rebanho vivia adoecendo
O cercado se achava ressequido
Hoje o campo tá tão umedecido
Que se um grilo pousar fica atolado
O vaqueiro aboiou ajoelhado
Dando graças a deus por ter chovido

Evanildo Pereira

Antonio Lisboa e Evanildo Pereira
http://www.repentistaevanildo.com.br/

AUDIO: Edmilson Ferreira

Linda canção de amor

Quando estou com ela

Edmilson Ferreira

terça-feira, 8 de setembro de 2009

AUDIO: Antonio Lisboa e Evanildo Pereira

Sextilhas

No meu pais foi assim

Antonio Lisboa e Evanildo Pereira

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

AUDIO: Antonio Lisboa e Edmilson Ferreira

Mote em sete sílabas

Cante poeta lembrando
Meu tempo de agricultor

Antonio Lisboa e Edmilson Ferreira

AUDIO: Severino Dionísio

Linda canção

Nossa infancia

Severino Dionisio

AUDIO: Valdir Teles e João Paraibano

Sextilhas

Tema: Qualquer um está sujeito

Sensacional

Valdir Teles e João Paraibano

AUDIO: Sebastião da Silva e Moacir Laurentino

Mote em decassilabo

Eu não posso deixar de ser poeta
Vou apenas sair da profissão

TRECHO
Acho que meu tempo se venceu
Minha idade passou e já chegou
Meu final tambem já encostou
Isso foi o que já aconteceu
Vou deixar aos mais novos do que eu
Pra quem tem a legítima condição
De cantar com perfeita inspiração
Que no ritmo perfeito a luz e a meta
Eu não posso deixar de ser poeta
Vou apenas sair da profissão

Sebastiao da Silva

Sebastião da Silva e Moacir Laurentino

sábado, 5 de setembro de 2009

AUDIO: Geraldo Amancio e Zé Viola

Mote em sete sílabas

Quarenta anos vivendo
De viola e poesia

Geraldo Amancio e Zé Viola

AUDIO: Raimundo Caetano e Raulino Silva

Mote em decassílabo

Cada nome que falo é um pedaço
Da história da nossa cantoria

TRECHO
Doutor dimas aqui na região
Possuiu mais de uma formatura
Um talento no campo da cultura
E carregando a viola em sua mão
Severino foi lá em boqueirão
Cantador que teve mais maestria
Cantador nem dopado lhe vencia
Carregando a viola no seu braço
Cada nome que falo é um pedaço
Da história da nossa cantoria

Raimundo caetano

AUDIO: Louro Branco e Miro Pereira

Sextilhas

Tema

Quando o pai é resposável

Louro Branco e Miro Pereira

AUDIO: Valdir Teles e João Paraibano

Mote em decassílabos

Fui nascido no campo e não consigo
Esquecer o que fiz no meu sertão

TRECHO
O meu pai era um puro nordestino
E eu fui um moleque lá da roça
Trabalhei botei burro na carroça
Cortei palma no cocho do turino
Quando mãe descansava de um menino
Que ficava deitada no colchão
Eu comia o sobeijo do pirão
Que hoje outro igual eu não mastigo
Fui nascido no campo e não consigo
Esquecer o que fiz no meu sertão

Valdir Teles

Valdir Teles e João Paraibano

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

AUDIO: Elizeu Ventania

Repostagem especial

Homenagem ao saudoso poeta
Elizeu Ventania

Chorando ao pé da cruz

AUDIO: Geraldo Amancio e Moacir Laurentino

Mote em sete sílabas

Toda lei ultrapassada
Só favorece o bandido

Geraldo Amancio e Moacir Laurentino

AUDIO: Raimundo Lira e Jorge Macedo

Mote em sete sílabas

Você não queira saber
Da minha biografia

Raimundo Lira e Jorge Macedo

terça-feira, 1 de setembro de 2009

VIDEO: Evanildo Pereira e Ismael Pereira

Desafio no festival da freguesia do Ó em SP

Eu sou tudo que não presta
Mas sou melhor do que tú

Ismael Pereira-(88)96250171/99403099/92126422

AUDIO: Silvio Grangeiro e Francinaldo Oliveira

Começando setembro com chave de ouro

Mote em decassílabo

Me tornei um poeta vencedor
Defendendo o valor da profissão

Silvio Grangeiro e Francinaldo Oliveira