terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Edmilson Ferreira e Antonio Lisboa

Mote em decassilabo

Essa cara de santo que desfilo
só esconde as maldades que pratico


Eu converso besteira minto e traio
roubo as coisas das casas que visito
bebo tanta cachaça que vomito
fumo tanta maconha que desmaio
boto arma no quarto quando saio
falo alto nos cantos pago mico
puxo o saco de tudo quanto é rico
quando estou de pileque dou aquilo
ESSA CARA DE SANTO QUE DESFILO
SÓ ESCONDE AS MALDADES QUE PRATICO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

o que você achou????